Telefônica | Vivo: referência nacional

Projeto da Telefônica | Vivo é destaque como Referência Nacional no Prêmio Learning & Performance Brasil 2015/2016

Com o objetivo de reforçar os conceitos de Telco Digital no processo de capacitação da força de vendas foi criado o projeto Vivo TreinApp, que garantiu à empresa Vivo o reconhecimento como uma das Referências Nacionais no Prêmio Learning & Performance Brasil 2015/2016



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Iniciativa de sucesso da CPFL

Projeto da CPFL é destaque como Iniciativa de Sucesso no Prêmio Learning & Performance Brasil 2015/2016

A empresa CPFL foi reconhecida como Iniciativa de Sucesso no Prêmio Learning & Performance Brasil 2015/2016 pelo projeto e-Learning na CPFL – A Educação Eliminando a Distância e Gerando ResultadosO projeto demonstra como uma estratégia bem-sucedida da Universidade Corporativa alinhada aos objetivos estratégicos organizacionais está fortalecendo, aculturando e alavancando o ensino a distância na empresa. 



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Melhores momentos do Prêmio Learning & Performance Brasil 2015/2016

O reconhecimento das melhores iniciativas do mercado relacionadas à gestão de alta performance

Aconteceu ontem, 10 de agosto, no espaço de convenções do Renaissance São Paulo Hotel, mais uma edição do Prêmio Learning & Performance Brasil, que contou com a presença de presidentes, vice-presidentes e outros representantes de organizações privadas e públicas, nacionais e internacionais. Organizado pela MicroPower, o evento teve como objetivo promover e reconhecer as melhores práticas do mercado relacionadas à gestão de alta performance, gestão do capital humano, desenvolvimento de talentos, acessibilidade e aprendizado. 



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Prêmio Learning & Performance Brasil 2015/2016

O reconhecimento das melhores iniciativas do mercado relacionadas à gestão de alta performance

Acontece em uma semana o Prêmio Learning & Performance Brasil 2015/2016, evento que tem como objetivo promover e reconhecer as melhores práticas do mercado relacionadas à gestão de alta performance, gestão do capital humano, desenvolvimento de talentos, acessibilidade e aprendizado.

Ao todo, vinte projetos foram classificados como Referências Nacionais e Iniciativa de Sucesso – programas e ações de dezoito companhias nacionais e internacionais, que tiveram até o dia 30 de abril para fazer um cadastro detalhado com informações como indicadores de resultado e performance, arquitetura do aprendizado e desempenho e melhores práticas e lições aprendidas.




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Cuidando do seu maior patrimônio: a reputação


Nestes últimos tempos tenho refletido muito sobre o que é mais importante para as pessoas, organizações e Países. A palavra que vem a minha mente é: Reputação. Algo tão difícil de se construir, mas muito fácil de se destruir ou construir pelo lado negativo. As pessoas de um modo geral cuidam mal desta pequena palavra, que representa muito. Aliás as organizações e os Países também.

Quando eu era Diretor da Monsanto houve o acidente na Union Carbide, em Bophal na Índia. Muitas pessoas morreram nesta cidade fruto do vazamento de produtos químicos. A Carbide, uma empresa multinacional gigante, nunca mais se recuperou e anos mais tarde foi incorporada pela Dow Chemical. Outro exemplo de empresa que perdeu a sua reputação, foi a Arthur Andersen. Esta consultoria se viu envolvida no escândalo da Eron, e sucumbiu sendo posteriormente incorporada pela Accenture. Existem vários exemplos de grandes empresas que, por alguma razão, acabaram perdendo a sua respeitabilidade de boa empresa, e desapareceram do mapa.

Neste momento, nos noticiários do Brasil, vemos várias empresas envolvidas em escândalos como a Petrobras, e muitas Construtoras como a Camargo Correa, Odebrecht, etc. cujas reputações foram fortemente abaladas pelo mal comportamento dos seus dirigentes. Ninguém pode avaliar agora o quanto elas serão afetadas, porém já perderam grandes valores no mercado pela queda de preço das suas ações. Empresas grandes que até então eram consideradas altamente confiáveis, com notabilidade positiva pelos seus resultados, etc., Apesar de todos os seus ativos e resultados financeiros, têm grande chance de desaparecerem, ou reduzirem o seu tamanho, como nunca se poderia imaginar.

Outro exemplo atual é a crise na Grécia. A Argentina e o próprio Brasil já passaram por situações semelhantes. Países que, por mal gerenciamento dos seus governantes, gastaram mais dinheiro do que podiam. Portanto levaram o País a um alto nível de endividamento e perderam a sua capacitada de pagar as suas dívidas. Ao darem calote por não honrarem os seus compromissos, obviamente perdem a sua reputação de País confiável, portanto perdem a sua capacidade de obterem crédito no mercado. Numa linguagem popular são Países quebrados, e ninguém confiará mais neles.

No campo político temos vários exemplos de pessoas no Brasil que estão ou estiveram envolvidas em escândalos, ou corrupção, que acabaram presos ou tendo os seus direitos políticos cassados. Essas pessoas comprometeram os seus nomes e dificilmente poderão seguir na sua vida política. Ninguém confiará nesses indivíduos que se envolveram com mal feitos. Essas pessoas muitas vezes contavam com a impunidade, e nunca imaginavam que poderiam se ver envolvidos e denunciados por corrupção, etc.

Até na área do esporte, recentemente tivemos os escândalos da FIFA. Vários dirigentes que até então achávamos confiáveis, foram pegos em atividades de corrupção e certamente nunca mais poderão voltar a dirigir uma entidade como essa. Portanto abriram mão da reputação de bons dirigentes, confiáveis e honestos.

Acima vimos vários exemplos de situações de Países, Organizações, Políticos, etc. onde por envolvimento em atos de corrupção, mal gerenciamento, ou mal feitos perderam a sua honra perante a sociedade. Leva-se anos para construir uma imagem idônea, mas em poucos minutos é muito fácil perde-la. Está na hora das pessoas refletirem sobre isso. Não existe cidadão, organização ou País que tenha sucesso, se não agir dentro da lei, e dos valores universais de honestidade e ética.
O maior patrimônio de uma organização, ou das pessoas está na sua reputação. Na sua história ao longo da sua vida. A Reputação é como uma caderneta de poupança onde ao longo dos anos vai se depositando créditos adquiridos pelas atitudes, ações e comportamentos, que nos fazem ter uma boa imagem perante a sociedade.

No trabalho, ser profissional é construir ao longo da carreira um renome de quem faz as coisas de forma correta, dentro da lei e dos princípios morais de uma sociedade. O dinheiro é apenas uma consequência do nosso trabalho e não um objetivo em si próprio. Portanto, não vale tudo para se ter sucesso. É muito bom ser reconhecido pela sociedade, como um bom cidadão ou cidadã, que age em prol do bem coletivo. É desta forma que se constrói uma grande empresa, ou uma nação.

Felipe Westin é Diretor Executivo da Westin Desenvolvimento de Pessoas. Economista com MBA em RH pela USP/FIA e com mais de 40 anos de experiência em RH e Negócios. Foi por 20 anos Diretor de RH da Bristol Myers Squibb e Monsanto. Foi Diretor de RH da Monsanto nos Estados Unidos. Trabalhou como Executivo em empresas como Braskem, Alcoa, Dow Química. Foi Presidente do Conselho da ABRH-SP, onde atualmente é membro do Conselho. Autor do livro: Administração de Salários por Desempenho.

Confira outros artigos de Felipe Westin em: http://westinrh.blogspot.com.br/.
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Ministro Guilherme Afif Domingos convida para o Prêmio MPE Brasil


Estão abertas as inscrições para o MPE Brasil – Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas, um reconhecimento, em nível estadual e nacional, às micro e pequenas empresas que buscam melhorar sua gestão e competitividade.

Além de competir, você recebe gratuitamente avaliação da gestão da sua empresa.

Até o próximo dia 31 de julho, as empresas interessadas podem fazer a inscrição pelo site www.mbc.org.br/mpe e, após responder ao questionário, receberão por e-mail o resultado e as recomendações para melhoria.

Confira o convite do Ministro Guilherme Afif Domingos para o Prêmio MPE Brasil!



Francisco Antonio Soeltl, Secretário de Desenvolvimento Econômico e Relações de Trabalho da Prefeitura de São Caetano do Sul, Guilherme Afif Domingos, Ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa e Jairo Martins, Superintendente Geral da FNQ - Fundação Nacional da Qualidade

Prêmio Sulsancaetanense da Excelência em Gestão

A SEDERT - Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho em 2013 iniciou um projeto para estimular as micro e pequenas empresas de São Caetano do Sul ao aperfeiçoamento de seus modelos de gestão, tornando-as mais competitivas e potencializando sua longevidade, através da aplicação do MEG – Modelo de Excelência da Gestão, e para tanto foi lançado o Prêmio Sulsancaetanense da Excelência em Gestão.

Em 2013, participaram do Prêmio MPE Brasil 227 empresas, destas 85 concluíram a resposta do questionário e, em 28 de novembro, 17 foram reconhecidas com o Prêmio Sulsancaetanense da Excelência em Gestão.

17 empresas de São Caetano do Sul no Prêmio Sulsancaetanense da Excelência em Gestão

Em 2014, participaram do Prêmio MPE Brasil 248 empresas, destas 145 concluíram a resposta do questionário e, em 27 de novembro, 30 foram reconhecidas com Prêmio Sulsancaetanense da Excelência em Gestão, e a empresa Giugliani Advogados com 98,75 pontos foi finalista no estado e representou São Caetano do Sul na premiação em Brasília.

2014: 30 empresas de São Caetano do Sul foram reconhecidas com Prêmio Sulsancaetanense da Excelência em Gestão

A empresa Giugliani Advogados foi premiada em Brasília

A cerimônia de reconhecimento do Prêmio Sulsancaetanense de Excelência em Gestão 2015 será realizada em 27 de novembro de 2015, das 19h às 21h, no auditório do Instituto Mauá de Engenharia.

As médias e grandes empresas também podem participar e muito embora não participando da classificação no nível estadual do Prêmio MPE Brasil, atingindo a pontuação mínima (50 pontos), recebem o troféu “Compromisso com a Excelência” do Prêmio Sulsancaetanense da Excelência em Gestão.

A participação no Prêmio MPE Brasil e no Prêmio Sulsancaetanense da Excelência em Gestão, assim como o apoio recebido para melhoraria da gestão prestado pelo Sebrae e SEDERT é gratuita, ou seja, sem qualquer custo para os empresários.

Instituições apoiadoras do Prêmio MPE Brasil:

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter