Curadoria e Aprendizado Corporativo


Após a evolução tecnológica dos Objetos Educacionais vivida nos últimos 10 anos, passando do Curso EAD tradicional: Avatares com Locução e uma apresentação de Conteúdo extensa, que apenas "virtualizou" o professor e as salas de aula presenciais; estamos vivendo nos últimos dois anos a evolução das Metodologias de Aprendizado, para que o Colaborador esteja cada vez mais Engajado e Motivado para aprender e, consequentemente, mais capacitado, possa melhorar seu Desempenho Organizacional no exercício de suas funções.

O Gamification já é uma realidade, e as empresas em nosso país já começam a utilizar os métodos de jogos em suas estratégias de Aprendizado. São processos e formas diversas com o único objetivo: engajar e motivar as Gerações Y e Z para Aprender. Estas gerações não aprendem da forma que aprendi: Em sala de aula, com papel e lápis, anotando o que o professor escrevia na lousa e fazendo resumos intermináveis para assimilar o conhecimento.

As gerações novas aprendem de forma rápida, interativa, e com uma exigência de agilidade e velocidade no acesso das informações muito criteriosa.

É a vez do Curation, ou Curadoria. Mas o que é Curadoria no Aprendizado Corporativo?

É um processo multi-nível, que serve para administrar, organizar e disponibilizar o conteúdo para ser usado ao Aluno, otimizando seu tempo de procura e pesquisa, trazendo "filtrado' o conteúdo após pesquisa em diversas fontes de conhecimento. É o "melhor conteúdo no momento em que o aluno precisa".

Quando assistimos um filme no Netflix ,por exemplo, o que ocorre quando o acessamos uma próxima vez? Aparece uma lista de recomendações para vermos, baseado em nossa experiência anterior.

Porque nos nossos sistemas esta prática não pode ocorrer? Claro que pode! Imagine nosso LMS, ou LCMS, trazer na tela inicial, recomendações de cursos, videos, arquivos de leitura, apresentações, etc... baseados na trilha de conhecimento mais visitada pelo aluno, ou em eu mapa de competências?

O primeiro passo é organizar toda a informação que a empresa possui, para depois trabalhar na otimização e disponibilização do conteúdo.

Mapear conteúdo, contexto, o que temos, o que não temos, o que deu certo, o que não deu certo em Tipos de Conteúdo: 1) Empresarial, 2) Pessoal, 3) Provenientes de fontes internas da empresa, 4) Provenientes de fontes externas da empresa. O objetivo é gerar conteúdos para inspirar, instruir e implementar seu uso no dia a dia das pessoas.

Porém temos que ter alguns cuidados:

  • Sempre Buscar o Contexto do Conteúdo
  • Promover buscas globais porém trazendo aquilo que realmente importa
  • Atenção aos "Open Contents" e Direitos Autorais
  • "Fake News"
  • Implementar processos internos de aprovação para Compartilhamento de Noticias

Nosso Congresso Anual de Aprendizado e Performance, o Learning & Performance 2017 será no dia 28/08/2017, onde discorreremos sobre Curation e outros temas relevantes para todos os nossos Clientes e Leads.

Aguardamos vocês lá.
Forte Abraço,

Michel Musulin

"Juntos no Aprendizado e Promovendo a Alta Performance"



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter
Os comentários estão fechados